Páginas

segunda-feira, 9 de junho de 2014

Mr Nobody


Nada mais justo que minha primeira postagem no blog seja sobre esse maravilhoso filme que acabei encontrando por um acaso num dia qualquer. Sr Ninguém é o título do filme em português, que é protagonizado por ninguém menos que Jared Leto. O filme conta a história de Nemo Nobody, o último mortal num mundo onde agora todos os seres humanos são imortais. Com 118 anos, o dia de sua provável morte é televisionada e nós somos convidados à sua mente conturbada e impressionante. 
Não posso mentir: é um filme um tanto quanto complexo e que não costuma prender o interesse da grande massa. É recheado de questões filosóficas, mudanças de tempo e espaço, e não segue um enredo linear como outras histórias e filmes (começo, meio e fim). É difícil discernir o que é real e o que é apenas a imaginação de Nemo, que recapitula sua vida, remexe nas mais marcantes memórias e ao mesmo tempo passeia por todas as possibilidades de rumos que sua vida poderia ter tomado. Não é possível afirmar que determinada versão é a verdadeira, ou que uma é mais digna que outra. Todas elas, existindo dentro ou fora de sua mente, fazem parte de quem ele é.
O filme é mais uma prova de que tudo muda o tempo todo e uma ação mínima pode provocar uma completa mudança no curso de sua vida, ou da vida de outros. Todos os dias somos obrigados a fazer escolhas e cada vez que escolhemos, perdemos várias outras vidas que poderíamos ter tido. 

Enquanto você não escolhe, tudo permanece possível.

Como disse anteriormente, o filme é cheio de reflexões e cenas dramáticas e fortes, que mexem diretamente com as pessoas mais sensíveis e emocionais. Nos faz pensar um pouco sobre tudo, e ao mesmo tempo sobre nada. As partes românticas são particularmente adoráveis, com as três garotas que Nemo eventualmente escolhe. Mas ao decorrer do filme a preferência por uma delas certamente surgirá. Anna parece ser a mulher certa para Nemo e conquistou minha afeição logo de cara, e os dois parecem destinados a ficar juntos. As cenas do casal são as mais marcantes e românticas do filme.

Nemo e Anna... Como não amar?

Enfim, o filme foi uma experiência maravilhosa para mim e sempre estará na minha lista de filmes que mudam quem você é, mesmo que a mudança não seja tão aparente. Sr Ninguém me deixou pensando por semanas, e mesmo tendo assistido mais de duas vezes, cada uma é única e consegue mexer comigo de um jeito diferente. É aquele tipo de filme que quanto mais assistido, melhor. Dificilmente quem assistir a esse filme pela primeira vez conseguirá entender cada detalhe e descobrir cada sensação que ele pode proporcionar. 
E por fim, a minha frase favorita de todo o filme: 

Eu não tenho medo de morrer. Eu tenho medo de não ter vivido o bastante...

2 comentários:

  1. Você é maravilhosa e um blog redigido por você não poderia ser diferente.
    X.O.X.O

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. muito obrigada bia! fico feliz de receber o apoio de uma pessoa tão querida e bacana como você! beijos <3

      Excluir