Páginas

sexta-feira, 25 de julho de 2014

Porcelain Black





Porcelain Black é uma cantora estadunidense que teve seu primeiro single estreado em 2011, mas antes disso já havia lançado várias faixas no MySpace, mas com outro nome. Ela não é muito conhecida, mas devia. Tem um visual muito extravagante (sua característica mais marcante é o cabelo metade preto, metade loiro) e já foi ruiva, morena, loira, os dois últimos ao mesmo tempo... Ousar é algo totalmente característico da mulher que também tem muitas tatuagens e lábios muito carnudos. 


Porcelain com um visual mais andrógino e que eu simplesmente amo!



Eu a acho simplesmente linda e muito autêntica. O estilo é extravagante, exagerado e elegante e apesar de cantar pop, ela tem uma atitude muito rock'n'roll. Infelizmente, ela é uma daquelas pessoas que chamam mais atenção pela aparência do que pelo trabalho propriamente dito. De qualquer forma, suas músicas são envolventes, grudam na cabeça e certamente faz muita gente se identificar. Ela definitivamente merece muito sucesso e tem todos os requisitos necessários para conquistar um público ainda maior do que aquele que já a aprecia: talento, personalidade, ousadia, originalidade e uma voz poderosa e que pode levá-la a muitos lugares.
Ruiva.



Maravilhosa e muito ousada!


Como não amar cada uma das fotos dessa mulher?


Esse cabelo lindo (e antigo) de dar muita inveja!

E aqui vai minhas músicas preferidas dessa mulher maravilhosa:

Mama Forgive me

Problemas sempre me aparecem de alguma forma
E eu nem sei como
Porque é a maneira que ele coloca um sorriso no meu rosto
O jeito que ele usa sua boca
Ele é tatuado
Tudo ou nada
Atordoado
Chapado em alguma coisa
Ele é um fumante gostoso e me deixa ofegante
Ele é mau, um garoto malvado
Eu sou má, uma garota malvada
E nós ficaremos malvados hoje à noite
Desobedientes, malcriados, vadios, provocando minha cabeça
Garoto, eu estou pensando em voz alta
Que se foda, eu vou fazer isso novamente
Porque agora não dá mais pra voltar atrás
Por favor, mamãe, me ouça antes de eu pecar hoje à noite
Por favor, mamãe, me ouça ele é apenas uma criança selvagem
Por favor, mamãe, me ouça eu sou uma garota crescida agora
Por favor, mamãe, me ouça
Por favor, mamãe me perdoe
Porque eu quebrarei todas as regras hoje à noite
Por favor, mamãe me perdoe
Ele é tão errado mas ele me ama tão certo



How do you love someone



Mamãe nunca me disse como amar
Papai nunca me disse como sentir
Mamãe nunca me disse como tocar
Papai nunca me mostrou como sarar
Mamãe nunca foi um bom exemplo
Papai nunca segurou a mão da mamãe
Mamãe achou tudo difícil de lidar
Papai nunca agiu como um homem
Eu caminhei quebrada, congelada emocionalmente
Continuei, estando isso errado
Eu era sempre a criança escolhida
O grande escândalo me tornei
Me disseram que não sobreviveria
Mas "sobrevivência" é meu nome do meio
Eu caminhei por volta esperançosa, mas dificilmente enfrentando
Continuei, estando isso errado
É difícil falar, dizer o que está bem lá dentro
É difícil dizer a verdade quando você sempre mentiu
Como se ama alguém sem se machucar?
Como se ama alguém, sem rastejar na escuridão?
Até agora na minha vida, as nuvens têm bloqueado o sol
Como se ama alguém?
Como se ama alguém e fazer isso durar ?
Como se ama alguém sem tropeçar no passado?
Até agora na minha vida, as nuvens têm bloqueado o sol
Como se ama alguém?

Too much of not enough


Você era tudo que eu queria
Mas nada que eu precisava
Falando como se fosse um bebê
Você está agindo como se fosse o melhor
Você deveria estar envergonhado
Você é apenas um reclamão e uma fraude
E, querido, todo o mundo sabe disso
Há uma guerra dentro de sua cabeça
Tão longe enquanto estamos mortos
Você sempre foi tão morno
E você nem sequer percebeu isto
Tropeçando e derrotado
Em voltas e círculos nós vamos
Eu teria lhe escrito uma canção de amor
Mas você teve que ir e me fazer mal
Então escute bem, eu desejo que você visse
Estou farta com os altos e baixos agora
Há uma guerra dentro da minha cabeça
Olha o que você fez
Não há drogas suficientes no mundo
Para alterar minha memória de você
Nem mesmo uma cheirada de cocaína e uma vodka
E uma taça de champanhe branco
Você é muito de não o suficiente
Nenhum motivo resta para confiar
Então acreditar em você quando você diz
Você diz que você vai mudar
Muito de não o suficiente
Então eu tenho que desistir de você
Porque nada vai mudar
Me faz mal uma vez? Que vergonha
Me faz mal duas vezes? Vai se fuder
Isto nunca foi eu e você
Nunca eu e você
Sempre sobre você
Me faz mal uma vez? Que vergonha
Seguindo em frente, você é tão confuso
Isto nunca foi eu e você
Nunca eu e você
Nunca confie em um tolo

Nenhum comentário:

Postar um comentário