Páginas

quinta-feira, 31 de julho de 2014

The Veronicas [Music]


The Veronicas é uma banda australiana formada pelas gêmeas Origliasso (Jessica e Lisa) em 2004. As duas me encantaram pela primeira vez que as vi no clipe de Untouched, que tem uma pegada mais sombria, embora a canção seja bastante pop. Além do visual interessante, com gêmeas idênticas (que se tornaram não tão idênticas assim com o passar dos anos), roupas pretas e maquiagem pesada e um galã de tirar o fôlego, a música também me surpreendeu por ser tão pop, mas ao mesmo tempo alternativa, com aqueles refrões que grudam na cabeça, mas com um quê de rock mesclado. As vozes das duas são doces e têm surpreendente harmonia, o que torna o vocal muito marcante. De qualquer maneira, The Veronicas gosta de ser visto como uma banda, e não como uma simples dupla de garotas. Eles acreditam terem tudo que uma banda precisa, então qual seria o problema, certo?

Lindas, com um de seus visuais que mudam constantemente.

Eu simplesmente adoro ver Jess e Lisa juntas. As duas parecem tão unidas e passam uma sensação de cumplicidade muito grande em seus shows e nas harmonias de cada música. As duas, além de irmãs, parecem ser grandes amigas e são, definitivamente, muito talentosas. 

Muito fofas :3

The Veronicas abusa do pop rock (às vezes puxando mais para um gênero do que o outro). Um de seus diferenciais são as composições: as músicas conseguem passar de algo dançante e animado a algo profundo e emocionante num piscar de olhos e de maneira muito sutil. As letras são sempre muito bem escritas e cada uma possui uma história diferente, com sentimentos bem trabalhados e que vão desde dramas adolescentes a histórias de amor mais tocantes e profundas, além de outros temas que não tratem necessariamente de romance.

Lisa e Jess





Untouched
Untouched foi a primeira música que conheci da banda e que abriu as portas para que eu pesquisasse mais a respeito, e conhecesse mais profundamente. O clipe é o meu favorito, com toda a sua estética teen e sombria. 



Não posso mentir
Me dê o que você tem
Porque eu não posso esperar mais
Nem sequer fale da consequência
Porque agora mesmo você é a única coisa que está fazendo sentido para mim
E eu não dou a mínima para o que eles dizem ou o que eles pensam
Porque você é o único que está no meu pensamento
Nunca vou te permitir me deixar
Vou tentar parar o tempo para sempre
Nunca quero ouvir você dizer "adeus"
Ver você, respirar você, eu quero estar com você
Você pode ter tempo
Para viver do jeito que você quiser viver sua vida
Me dê tudo de você, não tenha medo
Nem sequer pense sobre o que está certo ou errado
Porque no final será apenas você e eu
E ninguém mais vai estar por perto
Para responder todas as perguntas deixadas para trás
E você e eu somos feitos um para o outro
Então mesmo se o mundo desabar hoje
Você ainda vai me ter aqui para te levantar
E eu nunca vou te decepcionar
Eu me sinto tão intocada
E eu te quero tanto
Que eu não consigo resistir a você
Não é o suficiente dizer que eu sinto sua falta
Eu me sinto tão intocada agora mesmo
Preciso tanto de você de alguma forma
Eu não consigo te esquecer
Fui enlouquecendo desde o momento em que te conheci

Mouth Shut
Mouth Shut é uma das minhas músicas preferidas de The Veronicas. A letra é, provavelmente, o que mais me cativou e com a qual me identifico bastante. 


Fiquei de boca fechada desde o início
Acho que te deixei no escuro
Você achava que me conhecia, mas não conhece
Você diz que me ama, mas não amará
Quando descobrir quem eu sou
Fiquei de boca fechada por muito tempo
Todo esse tempo você me entendeu errado
Agora estamos neste caminho muito longe
E estou prestes a quebrar seu coração
Acabar com tudo que nós tínhamos
Não ficarei mais de boca fechada
Tive a minha vez de fechar as portas
E agora sei que não estou com medo
Sei exatamente o que você vai dizer
Mas, "desculpe-me", é tarde demais
Guardei isso tudo dentro de mim esse tempo todo
Pensei que poderia fazer dar certo, se eu tentasse
Mas sinto admitir que eu tenho vivido uma mentira
Porque estou me sentindo perdida
Quando estou nos seus braços
As razões se foram
Porque eu estava me apoiando em você
Eu tentei tanto
Ser a única
Eu não gosto de quem me tornei
Fiquei de boca fechada por muito tempo
Agora eu sei que foi errado
Eu deveria ter te contado desde o início
Que isso não era para durar
Nunca deveríamos ter ido tão longe
Nunca mais ficarei de boca fechada

Revenge is Sweeter (than you ever were)
Essa música é simplesmente viciante. Os vocais transmitem toda a intensidade presente na letra, misturando raiva, mágoa e outros sentimentos complexos num ritmo animado e dançante. É um interessante contraste.



Eu vi aquilo nos jornais
Você me disse que eles estavam errados
E eu te apoiei
Porque eu acreditava que você fosse o único
Você teve todas as chances do mundo
Para me deixar saber a verdade
O que diabos há de errado com você?
Eu estou tão brava com você agora
E eu não consigo nem sequer achar palavras
E você está afundando
Eu mal posso esperar ver você queimar
Você tenta me fazer odiar aquela garota
Quando eu deveria estar odiando você
O que diabos há de errado com você?
Nada pode te salvar agora que está acabado
Eu acho que você vai descobrir quando você não for ninguém
Não diga que você sente muito agora, porque eu simplesmente não me importo
Nada pode te salvar agora
Você sequer está escutando quando eu falo com você?
Você sequer se importa com o que eu estou passando?
Os seus olhos encaram, e eles olham através de mim
Você está bem ali, mas é como você nunca tivesse me conhecido
Você sequer sabe o quanto isso dói?
Que você desistiu de mim para ficar com ela?
Vingança é mais doce do que você jamais foi

Nobody Wins 
Outra música de tirar o fôlego! Novamente o ponto forte dessa música é a letra, melancólica e bonita. A melodia é igualmente trágica, o que faz da canção, como um todo, muito tocante.


Fique de cabeça erguida
Você nunca está errado
Em algum lugar do lado certo você pertence
Você preferiria lutar do que ir embora
Que maneira solitária de respirar o ar
Que maneira rude de dizer que você se importa
E agora nós fomos longe demais para eu salvar
E eu nunca pensei que chegaríamos a esse ponto
Procurando pela verdade nos seus olhos
Me encontro tão perdida pra ser reconhecida
A pessoa que agora você diz ser
Não sabe quando parar ou quando começar
Você está tão apegado a quem você é
E agora você está muito alto para eu poder ver
Eu nunca pensei que chegaríamos a esse ponto
Você nunca se desculpa
Tente dizer que me ama
Mas não me culpe por isso
Talvez haja beleza no adeus
Agora você se vira, você preferiria lutar a ir embora
Não restaram razões para tentar
Agora foi longe demais, olhe onde estamos
Você me afasta
Outro dia escuro
Perdi a conta das razões pra chorar
Agora olha o que você perdeu, vivendo assim
Ninguém ganha

In another life
Uma das músicas mais lindas que já ouvi e a minha preferida de The Veronicas. A música é linda em todos os sentidos possíveis: a melodia, o vocal, a letra... A maneira com que é cantada, de forma melancólica e delicada, dá vida à letra, que conta uma trágica história de amor. É simples, mas essa simplicidade é justamente o que faz com que essa música seja tão emocionante. 


Eu te conheço desde sempre
Quando você tinha 10 anos, você disse que se casaria comigo
E oito anos depois você me ganhou completamente
quando eu carreguei o mundo em minhas costas
Eu me acostumei a viver sem você, sem aquelas ligações e sonhando com você
Sempre disse que você era o meu homem
Mas eu acho que eu estava apaixonada por sua memória
Eu sei que eu disse que iria manter minha promessa
Eu gostaria de ter te salvado do sofrimento
Mas as coisas nunca irão voltar a ser como eram
Me desculpe, eu não posso ser o seu mundo
O jeito que você está se segurando em mim não me deixa respirar
Deixe-me ir
Não me sinto bem
Deus sabe que eu tentei
Você sabe que eu te amo, amo mesmo
Mas eu não posso mais lutar por você
E sei lá, talvez nós ficaremos juntos novamente, em algum dia
Em outra vida


Essa é uma banda que, além de representar uma fase da minha vida, a adolescência, continua me inspirando e me trazendo boas sensações.



Nenhum comentário:

Postar um comentário