Páginas

quarta-feira, 21 de janeiro de 2015

My Favourite Faded Fantasy [Music]


Venho por meio dessa postagem pequena falar sobre o álbum que tem ocupado minha mente, meus ouvidos e meu coração; um trabalho fascinante e sensível, maior consolo para a minha alma nos últimos tempos. 


Damien Rice está no topo dos meus artistas preferidos de todos os tempos. Não consigo nem explicar o quanto eu o admiro e aprecio seu trabalho. Acredito que ele tenha um talento único e capaz de tocar as pessoas de uma maneira adorável e muito singular. Muita gente não o conhece, ou só ouviu falar de seus maiores sucessos. 


Suas melodias não são as únicas coisas belíssimas em seu trabalho, mas também as letras. Com seu trabalho, ele sabe perfeitamente como expressar emoções e transmiti-las aos ouvintes, que se sentem profundamente tocados por tudo o que ele canta, toca e compõe. 


O novo álbum de Damien não possui a marcante presença de Lisa, a qual estávamos acostumados, com sua doçura e voz encantadora e, principalmente, a maneira com que a voz dos dois se completavam e se transformavam em algo completamente novo. Depois de um tempo afastado, Damien retorna sozinho, com um álbum que, ao mesmo tempo em que cumpre com as expectativas de tudo o que ele vinha fazendo até então, é algo completamente novo.  Em My Favourite Faded Fantasy, Damien mostra suas várias facetas e as tonalidades diferentes que sua voz pode adquirir. Também mistura vários gêneros e vários instrumentos, causando uma atmosfera intensa e marcante. Tanto as versões de estúdio, quanto as acústicas e as performances ao vivo tem algo em comum: a mais profunda sensibilidade. As letras são, no geral,  sinceras, simples, românticas e profundas. 


O álbum My favourite faded fantasy: 



Algumas das letras: 

Você talvez seja o meu gosto favorito
Para tocar minha língua
Eu conheço alguém que pode me servir amor
Mas não me encheria
Você talvez tenha o meu rosto favorito
E nome favorito
Eu conheço alguém que poderia desempenhar o papel
Mas não seria o mesmo
Não, não seria o mesmo
Com você
Você talvez seja meu lugar favorito
Que já estive
Eu me perdi na sua vontade
Para sonhar dentro do sonho
Você talvez seja minha fantasia desbotada favorita
Eu pendurei minha felicidade sobre o que tudo isso poderia ser
O que tudo, o que tudo isso poderia ser
Com você
Você poderia guardar os segredos que me salvam
De mim mesmo
Eu poderia te amar mais do que o amor pode
Todo o caminho do inferno
Você poderia ser meu veneno, minha cruz
Minha lâmina de barbear
Eu poderia te amar mais do que a vida
Se eu não estivesse com tanto medo
De que tudo poderia ser
My favorite Faded Fantasy



Onde quer que você esteja
Saiba que eu te adoro
Não importa quão longe
Bem, eu posso ir atrás de você
E se você um dia precisar de alguém
Não que você precise de ajuda
Mas se você um dia quiser alguém
Saiba que estou disposto
Onde quer que você vá
Bem, eu posso sempre te seguir
Posso alimentar isso bem devagar
Se for muito pra engolir
E se você só quer ficar sozinha
Bem, eu posso esperar sem esperar
Se você quiser que eu deixe isso pra lá
Bem, estou mais do que disposto
Eu não quero mudar você
Eu não quero mudar sua mente
Eu nunca estive com alguém
Do jeito que estive com você
Mas se o amor não é diversão
Então está condenado
Porque a água corre
A água corre cachoeira abaixo
I don't want to change you




Eu tentei reprimir
E logo eu carreguei sua coroa
Estendi a mão para despi-la
E o amor me desapontou
O amor me desapontou
Então eu tentei apagar
Mas a tinta sangrou profundo
Quase enlouqueci
Quando estas palavras chegaram até você
E todos esses sonhos inúteis de viver sozinho
Como um osso sem cachorro
Bem, eu tentei controlar
E encobrir
Estendi a mão para consolá-la
Nunca foi o suficiente
Então eu tentei esquecer
Era tudo parte do show
Disse a mim mesmo que me arrependeria
Mas o que eu sei
Sobre todos esses sonhos inúteis de viver sozinho
Como um osso sem cachorro?
Então venha e deixe-me te amar
Venha e deixe-me te amar
E então colora-me
Colour me In



Eu te fiz rir, te fiz chorar
Eu fiz você abrir os olhos
Não fiz?
Eu te ajudei a abrir as suas asas
Suas pernas e muitas outras coisas
Não ajudei?
Eu sou o mais cretino que você já conheceu?
O único que te deixou partir?
O que te machucou tanto que você não consegue suportar?
Nós éramos bons quando éramos bons
Quando não nos desentendíamos
Você me ajudar a amar, me ajudou a viver
Você me ajudou a aprender como perdoar
Não ajudou?
Eu queria poder dizer o mesmo
Mas quando você foi embora, você deixou a culpa
Não deixou?
Eu sou o maior cretino que você conheceu?
O único que você não consegue esquecer?
Eu sou aquele pela qual suas verdades estavam esperando?
Eu estou sonhando novamente?
Alguns sonhos são melhores quando eles terminam
Nós aprendemos a nos impor e baixar a cabeça
Nós aprendemos a vencer e depois falhar
Não aprendemos?
Nós aprendemos que amantes amam cantar
E que perdedores amam se agarrar
Não aprendemos?
Eu sou o maior cretino que você conheceu?
Quando iremos aprender a esquecer isso?
Nós brigamos tanto que quebramos todo o encanto
Mas deixar passar não é a mesmo coisa
Que empurrar alguém da sua vida
Então por favor não deixe isso se estender
Você não me conhece
Por favor não deixe isso se estender
Eu não estou aqui
Por favor não deixe isso se estender
Você não me ama
Porque eu sei que você não ama
Eu sei
Alguns conseguem, alguns erram
Alguns forçam e alguns fingem
Eu nunca quis te decepcionar
Alguns se preocupam, alguns esquecem
Alguns estragam e alguns se arrependem
Eu nunca quis te decepcionar
Eu nunca quis te deixar
Eu nunca quis
The greatest bastard

Nenhum comentário:

Postar um comentário