Páginas

quarta-feira, 21 de janeiro de 2015

My Favourite Faded Fantasy [Music]


Venho por meio dessa postagem pequena falar sobre o álbum que tem ocupado minha mente, meus ouvidos e meu coração; um trabalho fascinante e sensível, maior consolo para a minha alma nos últimos tempos. 


Damien Rice está no topo dos meus artistas preferidos de todos os tempos. Não consigo nem explicar o quanto eu o admiro e aprecio seu trabalho. Acredito que ele tenha um talento único e capaz de tocar as pessoas de uma maneira adorável e muito singular. Muita gente não o conhece, ou só ouviu falar de seus maiores sucessos. 


Suas melodias não são as únicas coisas belíssimas em seu trabalho, mas também as letras. Com seu trabalho, ele sabe perfeitamente como expressar emoções e transmiti-las aos ouvintes, que se sentem profundamente tocados por tudo o que ele canta, toca e compõe. 


O novo álbum de Damien não possui a marcante presença de Lisa, a qual estávamos acostumados, com sua doçura e voz encantadora e, principalmente, a maneira com que a voz dos dois se completavam e se transformavam em algo completamente novo. Depois de um tempo afastado, Damien retorna sozinho, com um álbum que, ao mesmo tempo em que cumpre com as expectativas de tudo o que ele vinha fazendo até então, é algo completamente novo.  Em My Favourite Faded Fantasy, Damien mostra suas várias facetas e as tonalidades diferentes que sua voz pode adquirir. Também mistura vários gêneros e vários instrumentos, causando uma atmosfera intensa e marcante. Tanto as versões de estúdio, quanto as acústicas e as performances ao vivo tem algo em comum: a mais profunda sensibilidade. As letras são, no geral,  sinceras, simples, românticas e profundas. 


O álbum My favourite faded fantasy: 



Algumas das letras: 

Você talvez seja o meu gosto favorito
Para tocar minha língua
Eu conheço alguém que pode me servir amor
Mas não me encheria
Você talvez tenha o meu rosto favorito
E nome favorito
Eu conheço alguém que poderia desempenhar o papel
Mas não seria o mesmo
Não, não seria o mesmo
Com você
Você talvez seja meu lugar favorito
Que já estive
Eu me perdi na sua vontade
Para sonhar dentro do sonho
Você talvez seja minha fantasia desbotada favorita
Eu pendurei minha felicidade sobre o que tudo isso poderia ser
O que tudo, o que tudo isso poderia ser
Com você
Você poderia guardar os segredos que me salvam
De mim mesmo
Eu poderia te amar mais do que o amor pode
Todo o caminho do inferno
Você poderia ser meu veneno, minha cruz
Minha lâmina de barbear
Eu poderia te amar mais do que a vida
Se eu não estivesse com tanto medo
De que tudo poderia ser
My favorite Faded Fantasy



Onde quer que você esteja
Saiba que eu te adoro
Não importa quão longe
Bem, eu posso ir atrás de você
E se você um dia precisar de alguém
Não que você precise de ajuda
Mas se você um dia quiser alguém
Saiba que estou disposto
Onde quer que você vá
Bem, eu posso sempre te seguir
Posso alimentar isso bem devagar
Se for muito pra engolir
E se você só quer ficar sozinha
Bem, eu posso esperar sem esperar
Se você quiser que eu deixe isso pra lá
Bem, estou mais do que disposto
Eu não quero mudar você
Eu não quero mudar sua mente
Eu nunca estive com alguém
Do jeito que estive com você
Mas se o amor não é diversão
Então está condenado
Porque a água corre
A água corre cachoeira abaixo
I don't want to change you




Eu tentei reprimir
E logo eu carreguei sua coroa
Estendi a mão para despi-la
E o amor me desapontou
O amor me desapontou
Então eu tentei apagar
Mas a tinta sangrou profundo
Quase enlouqueci
Quando estas palavras chegaram até você
E todos esses sonhos inúteis de viver sozinho
Como um osso sem cachorro
Bem, eu tentei controlar
E encobrir
Estendi a mão para consolá-la
Nunca foi o suficiente
Então eu tentei esquecer
Era tudo parte do show
Disse a mim mesmo que me arrependeria
Mas o que eu sei
Sobre todos esses sonhos inúteis de viver sozinho
Como um osso sem cachorro?
Então venha e deixe-me te amar
Venha e deixe-me te amar
E então colora-me
Colour me In



Eu te fiz rir, te fiz chorar
Eu fiz você abrir os olhos
Não fiz?
Eu te ajudei a abrir as suas asas
Suas pernas e muitas outras coisas
Não ajudei?
Eu sou o mais cretino que você já conheceu?
O único que te deixou partir?
O que te machucou tanto que você não consegue suportar?
Nós éramos bons quando éramos bons
Quando não nos desentendíamos
Você me ajudar a amar, me ajudou a viver
Você me ajudou a aprender como perdoar
Não ajudou?
Eu queria poder dizer o mesmo
Mas quando você foi embora, você deixou a culpa
Não deixou?
Eu sou o maior cretino que você conheceu?
O único que você não consegue esquecer?
Eu sou aquele pela qual suas verdades estavam esperando?
Eu estou sonhando novamente?
Alguns sonhos são melhores quando eles terminam
Nós aprendemos a nos impor e baixar a cabeça
Nós aprendemos a vencer e depois falhar
Não aprendemos?
Nós aprendemos que amantes amam cantar
E que perdedores amam se agarrar
Não aprendemos?
Eu sou o maior cretino que você conheceu?
Quando iremos aprender a esquecer isso?
Nós brigamos tanto que quebramos todo o encanto
Mas deixar passar não é a mesmo coisa
Que empurrar alguém da sua vida
Então por favor não deixe isso se estender
Você não me conhece
Por favor não deixe isso se estender
Eu não estou aqui
Por favor não deixe isso se estender
Você não me ama
Porque eu sei que você não ama
Eu sei
Alguns conseguem, alguns erram
Alguns forçam e alguns fingem
Eu nunca quis te decepcionar
Alguns se preocupam, alguns esquecem
Alguns estragam e alguns se arrependem
Eu nunca quis te decepcionar
Eu nunca quis te deixar
Eu nunca quis
The greatest bastard

terça-feira, 13 de janeiro de 2015

Cassadee Pope [Music]


Cassadee Pope é prova de que programas de talentos podem formar (ou trazer à tona) verdadeiras estrelas. Não assisti a temporada do The Voice em que ela participou, mas, atrasada como sou, fiquei sabendo no ano seguinte e fiz questão de assistir todas as apresentações dela até me apaixonar completamente com cada uma de suas versões.

Fofa :3

Mas não foi do programa que conheci Cassadee. A banda da qual ela participava, Hey Monday, era uma das minhas preferidas nos tempos de emo. Quando soube da participação fiquei feliz, e mais feliz ainda por ela ter vencido. Todos que a acompanhavam no passado sabem o quanto essa garota é talentosa e mereceu estar ali. O que me surpreendeu foi o rumo country que Cassadee tomou em sua carreira. Certamente muito diferente do estilo do Hey Monday. Mas acredito que ela não podia ter feito uma escolha melhor: no country ela se encontrou. Não foi atoa que ganhou a competição e agora prossegue numa carreira muito bem sucedida.

Época do Hey Monday

Cassadee mudou muito, mas continua aquela mesma menina simples e fofa. Acredito que sua maior força esteja em suas canções: as letras são muito bem escritas, e fáceis de se identificar. As melodias também são cativantes e fortes e conseguem misturar o country com o popAlém das mais conhecidas, como Wasting all these tears e I wish I could break your heart, essas são as minhas favoritas:

Easier to Lie


Saindo do maldito quarto
Tropeçando nas coisas
Olhando para minhas chaves do carro enquanto
Estou puxando meu jeans
Me certifico de que estou saindo antes
Eu viro o celular de costas
Eu tenho cinco mensagens perdidas
Não acredito no que acabei de fazer
Eu me perdi essa noite
Eu só tenho que chegar até você
A culpa está me deixando louca
Eu tropeço, eu te acordo
Mas quando você olha para mim
Eu simplesmente não consigo falar
Você sabe que eu tenho chorado
Então você pergunta o que está acontecendo
Seus braços ao redor dos meus ombros
Você não tem ideia do que eu fiz
Porque você não vê a culpa em mim
E isso só torna as coisas piores
Sim, isso só torna as coisas piores
Porque você é o único, o único
Quem sempre deu a mínima
E está me matando saber que você pensa que
Eu sou melhor do que eu sou
Vim aqui para dizer a verdade
Mas, olhando em seus olhos
Amor, às vezes, é mais fácil mentir 

Told you so


Sua voz é como um fantasma dentro da minha cabeça
Você sussurra mentiras para tentar me machucar de novo
Todas as vezes que você duvidou de mim você verá
Eu era sempre melhor do que o que você me fazia ser
Rasgando o aperto que você teve em mim
O tempo me contou que você nunca será o que eu preciso
As cinzas do inferno que você me fez passar
Elas serão as memórias que serão deixadas de mim e você
Todas as suas promessas sobre meus sonhos nunca eram pra ser
Você nunca acreditou em mim
Escondendo seu arrependimento você voltará querendo que eu caia em seus braços
Quem você pensa que é?
Não vai te deixar pra baixo fácil
Quando eu cair fora, acredite em mim
A dor vai dizer
Eu te avisei

Secondhand


Eu conheço aquele olhar, eu conheço aqueles olhos
Ela te derrubou de novo
Eu não estou surpresa
Toda vez você aparece aqui de novo
Mãos no bolso, coração em sua manga
Diga-me tudo sobre o que você precisa
Incline-se para perto, mas eu levarei o que eu puder
Meu coração não tem orgulho de pé aqui
O bom é que eu posso aguentar as lágrimas
Te costurar, enquanto eu estou rasgando as costuras
É tão bom enquanto durar
Vá em frente e ataque o jogo
Me queime, faça cinzas de mim
Eu sei que você não é bom pra mim
Você me faz tão fraca quanto eu posso ser
Maus hábitos, apenas não há libertação
Te respirar, te respirar como meu primeiro cigarro
Te expirar, te expirar desligando o arrependimento
Não se preocupe porque é tudo minha culpa
Eu pegarei a parte que ela não quer
Te respirar, te respirar, pegar a faísca com a fumaça
Te expirar, te expirar, sentir a adrenalina enquanto eu engasgo
Eu sei que vale a pena mesmo se for apenas
Amor de segunda mão

My bestfriend hates you


Você vai dizer e depois não fazer Outra promessa que você quebrou O que faz você pensar que isso é uma piada? Eu o deixei entrar Você me colocou para fora Você me levanta, Para me puxar para baixo Você diz que "o que há com ela?" As chamadas tarde da noite, ela já teve o bastante Ela ouviu tudo, ela sabe sobre nós Cansado de me ver despedaçada Ela diz que eu deveria quebrar as algemas Aquelas que você tem colocado em mim Estou começando a acreditar nela Como você pode ainda se perguntar? É por isso que minha melhor amiga odeia você Você me beija como se nem quisesse Você me faz chorar todos os dias Com todas as coisas que você diz É por isso que minha melhor amiga odeia você Odeia você, baby, ela não pode suportar você Mentiroso, manipulador Não posso acreditar que eu algum já te amei


Bônus: 
Minha música favorita do Hey Monday, 6 months :3


Você é a direção que eu sigo
Para chegar em casa
Quando eu sinto que não consigo ir em frente
Você me diz pra ir
E é como se eu não pudesse sentir nada
Sem você por perto
E não me estranhe se eu ficar enfraquecida nos joelhos
Porque você causa esse efeito em mim
Você causa
Meses passam rápido agora e nenhuma despedida
Incondicionais, sem originalidade, sempre ao meu lado
Feitos para ficar juntos, feitos para ninguém além de nós dois
Você me ama, eu te amo mais, portanto
Então, por favor, me dê sua mão
Então, por favor, me dê uma lição de como roubar
De como roubar um coração, tão rápido como você roubou o meu
Como você roubou o meu
Tudo o que você diz
Toda vez que nós nos beijamos eu não consigo pensar direito
Mas eu estou bem
E eu não consigo pensar em mais ninguém
Que eu odeie ter saudade o tanto quanto eu odeio sentir sua falta

segunda-feira, 12 de janeiro de 2015

Sweet Scandal [Game]


Cá estou eu para falar de outro joguinho muito bacana de celular. Não voltarei a explicar como funciona, já que é praticamente idêntico ao Arabian Nights e está tudo numa postagem antiga minha aqui. Então dessa vez tentarei ser o mais breve possível e me focar na história. 


Misato e seu jeitinho de menino... 

Sweet Scandal conta a história de uma repórter, você, que trabalha numa revista famosa e acaba sendo a escolhida para tomar frente de uma parte específica da revista, Total Coverage. Essa seção é constituída de artigos sobre uma celebridade específica e tudo sobre ela (sua carreira, seu dia-a-dia, entrevistas, fotos). Você fica super animada com a notícia, pois além de ganhar mais experiência e credibilidade profissional, ainda será capaz de conhecer um famoso e acompanhar seu cotidiano. É então que você faz a escolha entre um dos três personagens: Misato, jogador de tênis profissional, Amasawa, escritor de prestígio, ou Horai, um fotógrafo famoso. 

Amasawa parecendo inocente. Parecendo. 

Minha primeira escolha foi Misato. Ele é um jogador de tênis profissional e muito famoso, porém não tem uma boa relação com a mídia. Odeia fotos, entrevistas, repórteres e por isso se torna uma tarefa difícil convencê-lo a concordar com o artigo em que você está trabalhando que é justamente sobre ele. Muito desajeitada, nossa protagonista acaba abrindo espaço entre a barreira de gelo que ele constrói ao seu redor e então somos capazes de conhecer um lado completamente novo do rapaz, que é na verdade tímido, gentil e às vezes transmite até certa inocência. É, na minha opinião, a melhor das três histórias. Com a dose certa de intriga e drama, o casal supera todos os obstáculos sem se abalar e é impossível não torcer para dar certo e não se apaixonar pelo personagem Misato.

Horai, o típico bom moço.

Minha segunda escolha foi Amasawa. Confesso que foi uma grande surpresa: a história dele é certamente a mais conturbada e agoniante de todas. Amasawa é um escritor de novelas e que parece um príncipe encantado em todas as suas aparições na mídia. Ele é educado, elegante, sério e parece ser uma pessoa muito fácil de lidar. Concorda facilmente com o artigo, mas isso não quer dizer que ele vá colaborar. No decorrer da história te faz de gato e sapato incontáveis vezes, é incrivelmente babaca e fechado, mas aos pouquinhos vai mostrando sua verdadeira natureza que é muito diferente da máscara que usa em frente às câmeras. 

Sussurrando besteirinhas no ouvido do mozão. 

Amasawa é muito inseguro e tem um passado carregado de desconfianças e medos e acaba depositando tudo isso na sua relação. Num certo momento da trama eu estava tão irritada com suas atitudes egoístas e mimadas que quase parei de jogar, então seja forte e continue firme se quiser ver um final feliz. O que mais me irrita na história não é o Amasawa em si, mas a atitude completamente submissa e estúpida que nossa personagem assume perante tudo o que acontece.

"Bom dia meu bebê, te amo meu bebê" hahahahaha

Por fim, a última e a mais sem sal das três. Ainda assim, adorável. Horai é um fotógrafo que apesar de ganhar cada vez mais fama, é muito humilde. Você se encontra com ele num parque e ele decide aceitar o artigo, mas te desafia a tomar uma posição mais séria sobre o próprio trabalho. Ele é muito dedicado, talentoso e apaixonado pelo que faz e prefere fotografar paisagens do que pessoas. Ele tem uma paixão antiga que parece sempre interferir no presente, mas que acaba tendo um desenrolar surpreendente também. Você acaba se tornando o braço direito dele e não simplesmente uma princesa numa torre que sempre tem que ser salva, mas aquela que também pode salvá-lo quando necessário.

Calabok e me beija!

Muito fofo, divertido e com altos e baixos. Os maiores defeitos são o que já explicitei acima: algumas atitudes da protagonista diante de situações específicas. Eu, cabeça quente como sou, jamais aceitaria algumas das humilhações e desaforos que ela encara; não de boca fechada. Estou ansiosa para que personagens fortes e decididas comecem a tomar conta dos jogos, livros, filmes e todo o resto, por mais que possam continuar sendo meigas, inocentes e às vezes até mesmo idiotas. Gostei muito das imagens e das cenas de romance, que ao contrário do Arabian Nights, não são praticamente castas, tendo a dose certa de beijos, cenas mais quentes e muito amor. Mais ansiosa ainda para finalizar o próximo joguinho e postar o que achei aqui. Até a próxima!